Astrologia versus Astronomia

Data: 01-09-2013 | De: Graciete Virgínia Rietsch Monteiro Fernandes

Gostei muito. A explicação de que o movimento de precessão determina que as constelações mudem de posição , já a tinha ouvido numa sessão do Planetário de Lisboa, ainda não existia o do Porto, o que é uma grande arma contra aqueles que acreditam na influência dos astros no futuro das pessoas. Como dizia um prof. de Astronomia que tive na UPP, a parteira, sempre a emitir radiação, deve influenciar mais o futuro do bébé do que um astro lá tão longe.
Um abraço.

Novo comentário