Re:Biologia/Curiosidades científicas

Data: 07-06-2014 | De: Alexandra Nobre

Olá Antonietta.
Um ambiente isolado, em princípio não permite troca de matéria nem de energia com o meio que o rodeia. Assim, se o sistema em que nos estamos a focar é isolado e só possui uma planta a um rato, podemos afirmar, com toda a certeza, que ambos morrem.
Logo no topo das razões está a ausência de água. Não há um ser vivo que possa sobreviver sem ela. E ponto final. :-)
É verdade que o rato ao respirar liberta CO2 (dióxido de carbono) que é incorporado pela planta. Esta, por sua vez, liberta O2 (oxigénio) que é respirado pelo rato. Em termos destes gases, respiração e fotossíntese são processos bioquímicos "opostos"e por aqui a coisa estaria resolvida (acreditando que as quantidades de gases libertados por cada um eram suficientes às necessidades do outro). Mas em termos de nutrição falta tudo. A planta precisa de água, de sais minerais e de compostos com azoto, por exemplo. O rato é um roedor que, para além da água, se alimenta de sementes, bagas, frutos e de alguns animais como caracóis e insectos.
Está respondido?

Novo comentário