Re:Como o Sol se mantém em chamas...

Data: 04-10-2014 | De: João Pedro Calafate

Obrigado cara amiga Graciete pela sua leitura sempre atente e pelo seu "feedback"!
Ainda bem que está melhor e espero que recupera totalmente o mais rápido possível.
Quanto às bombas atómicas que já foram, infelizmente, usadas pelo ser humano, e que refere, resultaram da fissão nuclear e não da fusão nuclear de que falo no artigo. Li que já é possível criar-se bombas tendo em conta o processo físico da fusão nuclear e que embora já criadas e testadas felizmente nunca foram utilizadas em contexto de guerra, pois são muito mais poderosas, e com um poder destrutivo muito maior, do que as de fissão nuclear já utilizadas em Hiroxima e Nagasaki. Não sei se processo é mais limpo para o ambiente mas é certamente muito mais difícil de conseguir do que o da fissão nuclear.
Um abraço e continuação de muitas e boas leituras!

Novo comentário